Governo divulga novos valores do Pedágio no Paraná

Governo divulga novos valores do Pedágio no Paraná

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e a seccional paranaense da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) divulgaram, oficialmente, nesta terça-feira (28), os índices de reajuste que serão aplicados pelas concessionárias de pedágio no Paraná. Entre as seis empresas que atuam no Estado, a alta aplicada será entre 2,75% e 3,89%. Em três delas, porém, houve a incidência de um ‘degrau tarifário’, que aplicará outro acréscimo entre 1,58% e 5,17% além do reajuste. Os novos preços irão vigorar a partir de sexta-feira, dia 1º de dezembro.

Entre as duas concessionárias que atuam na região dos Campos Gerais, a CCR RodoNorte irá aplicar um reajuste médio de 3,24%, o segundo mais baixo dos seis lotes no Estado; Já a Caminhos do Paraná, que teve um reajuste de 2,75%, com o degrau tarifário aplicado, esse incremento médio ficará na casa de 4,3%. A homologação desses valores foi feito pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar), em reunião realizada na manhã desta terça.

Este reajuste médio aplicado, entre 2,75% e 3,89% de elevação, é o mais baixo dos últimos anos. Desde 2010, a alta sempre ficou acima dos 4,5%. Em 2015, por exemplo, esse índice de reajuste ficou entre 6,69% e 7,05%. No ano passado, o incremento girou entre 4% e 5,19%. Entre as concessionárias, a Viapar, que atua no norte paranaense, aplicará o maior reajuste neste ano, de 7,92% – o ‘degrau’, que é aplicado quando são realizadas obras que não estavam planejadas no contrato, neste caso foi de 5,17%.

Na região dos Campos Gerais, em um índice com base no reajuste aplicado em cada uma das praças de pedágio, a alta média será de 3,75%. As praças que tiveram maior alta na região foram as de Prudentópolis e Porto Amazonas, de 4,91%. Isso representou um acréscimo de R$ 0,60 em cada uma delas, que passam a cobrar R$ 12,80, as tarifas mais caras dos Campos Gerais.

Com o reajuste, uma viagem entre Ponta Grossa e Curitiba, por exemplo, de ida e volta para um automóvel, passará a custar R$ 39,40 nos gastos com pedágio. Isso representa um acréscimo de R$ 1 sobre o montante pago até quinta-feira (R$ 38,40), A praça de pedágio de Witmasum, que cobra R$ 11,30 pela passagem do automóvel, passa a cobrar R$ 11,60 Já a de Balsa Nova, que cobra R$ 7,90, terá o custo de R$ 8,10.

Índice de reajuste é baseado em diversos fatores

O reajuste tarifário é anual, e é aplicado sempre no dia 1º de dezembro, conforme prevê o contrato de concessão, em especial para a atualização dos valores, pela inflação acumulada no período. Esse incremento, segundo a nota encaminhada pela a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (SEIL) ao Jornal da Manhã e Portal aRede, é “definido a partir de um conjunto de índices setoriais divulgados mês a mês pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). A definição do valor final é feita com base em índices de terraplanagem, pavimentação, obras de arte especiais, construção civil, entre outros”.

Os documentos com os detalhes e informações sobre a definição dos preços foram encaminhados à Agepar na última sexta-feira (24), por parte da Coordenadoria de Concessão e Pedágios Rodoviários do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR).

Investimentos em 2017 superam R$ 1 bilhão

A Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR-PR) também divulgou os investimentos das seis empresas em 2017: foram R$ 1,04 bi investidos nas estradas paranaenses. “Em um ano difícil o investimento das concessões movimentou o estado, empregos foram gerados e a infraestrutura melhorada, o que contribui e muito para alavancar o retorno à estabilidade econômica”, declara João Chiminazzo Neto, Diretor Regional da ABCR.

Reajuste nas praças da região – preços para automóveis

RodoNorte

Praça de Pedágio Valor em 2016 Valor em 2017 Reajuste

Balsa Nova R$ 7,90 R$ 8,10 2,53%

Palmeira R$ 11,30 R$ 11,60 2,65%

Carambeí R$ 9,40 R$ 9,70 3,19%

Jaguariaíva R$ 7,10 R$ 7,40 4,22%

Tibagi R$ 10,50 R$ 10,90 3,80%

Imbaú R$ 10,50 R$ 10,90 3,80%

Ortigueira R$ 10,50 R$ 10,90 3,80%

Caminhos do Paraná

Praça de Pedágio Valor em 2016 Valor em 2017 Reajuste

Prudentópolis R$ 12,20 R$ 12,80 4,91%

Irati R$ 10,70 R$ 11,10 3,73%

Porto Amazonas R$ 12,20 R$ 12,80 4,91%

Imbituva R$ 10,70 R$ 11,10 3,73%

Governo divulga novos valores do Pedágio no Paraná
/Rodrigo Czekalski;Rodrigo Czekalski